Atualizar ou não atualizar, eis a questão!

Postado em Atualizado em

Pois é, então você depois de muito  esforço conseguiu terminar sua loja baseado no PrestaShop e a por on line. A despeito de que os módulos distribuídos gratuitamente raramente tem um suporte efetivo e eficiente, apesar da dificuldade de escolher e adaptar um bom tema, da dificuldade em cadastrar os produtos e lidar convenientemente com os atributos, características e combinações, da inconsistência dos módulos de frete e de pagamento, em fim, sua loja já está em produção vendendo e aparecendo bem colocada nos resultados do Google.

Contudo, o PrestaShop é uma plataforma e-commerce que, apesar de muitíssimo jovem, tem se aprimorado velozmente, se tornado mais estável, mais fácil de gerenciar, de implantar, e acada nova versão, mais recursos e módulos nativos nos são oferecidos gratuitamente.

O receio em atualizar é justificado. uma loja em produção pode ser danificada de modo irreparável. Isto  posto a atualização deve ser pensada, planejada e executada de forma segura.

Uma atualização deve levar em conta que, à exceção dos módulos e tema nativos, todos os outros podem não funcionar a contento. E então, que fazer?

Existe uma forma de atualização que utilizo e que funciona bem na maioris dos casos. Como o grande problema é nada perder em relação à loja em produção, eu simplemente não altero nada nesta.

Bem Vindos ao Clone Update

A técnica do Clone Update é uma forma de realizar a atualização, verificar e consertar as imcompatibilidades de módulos e tema, a fim de que a migração seja testada antes de que a loja atualizada passe à produção. Trata-se, como o próprio nome sugere, de fazer um clone da loja antiga, afim de testar as compatibilidades.

Habilidades necessárias

  1. É preciso saber acessar seu servidor via FTP;
  2. Saber acessar o CPanel de seu servidor;
  3. Saber utilizar o PhpMyAdmin;

Preparação

  1. Acesse o BO de sua loja e faça um novo backup de todas as tabelas com opção de apagar as existentes;
  2. Crie, em seu servidor, via FTP, uma nova pasta (diretório), o nome não importa;
  3. Acesse o seu CPanel, e crie um novo banco de dados vazio, anote o nome do servidor, usuário e senha;

Execução

  1. Descarregue a versão mais atualizada e estável do PrestaShop;
  2. Descompacte-a em seu computador e envie via FTP, não a pasta inteira (/prestashop, mas apenas o seu conteúdo, para a pasta recém criada em seu servidor;
  3. Desça, desde seu servidor, da loja antiga, para o seu computador, a pasta /img e a pasta de seu tema, e as re-envie para o servidor, mas para a pasta nova, recém criada, sobrescrevendo os arquivos caso seja necessário, faça o mesmo com a pastaa /downloads, caso tenha arquivos para descarga;
  4. Desça o arquivo /config/settings.inc.php, abra-o e atualize as informações de conexão com a base de dados com as informações do novo banco de dados que foi criado (servidor/usuário/senha);
  5. Envie de volta o arquivo /config/settings.inc.php  para a mesma pasta da loja nova.
  6. Acesse o CPanel do seu servidor, acesse o PhpMyAdmin do novo banco de dados e importe o backup que foi criado a partir da loja antiga;
  7. Rode a atualização, entrando e seu navegador a url de instalação – www.sualoja.com/novapasta/install;
  8. Pode lhe ser perguntado para desabilitar os módulos, não nativos e não presentes – você nã os enviou ainda para a loja nova, eu sempre desabilito, a fim de ir enviando uma a um e testar sua compatibilidade sem travar o sistema e não saber qual foi que causou o problema.

Finalização

  1. Como em uma instalação limpa, na atualização também é preciso apagar a pasta /install e renomear a pasta /admim. O acesso ao admin se fará com o mesmo usuário e senha da loja antigo, os clientes também terão acesso idêntico;
  2. Por padrão, haverá uma quantidade enorme de campos a traduzir, de modo que será preciso atualizar o pacote de idioma. Se a loja usar o pacote br, este está há muito tempo incompleto. Então, deverá proceder as traduções do modo tradicional.
  3. Algumas abas (guias) do BO também poderão permanecer não traduzidas. Nas PS v1.4.4.0, por exemplo, este gerenciameto se faz desde a guia Funcionários, onde poderão ser traduzidas.
  4. Agora o que resta é verificar como seu tema se comporta na loja atualizada e ir instalando e testando, um a um, os módulos não nativos, a fim de compatibilizá-los.
  5. Ua vez que tudo funcione a contento, tudo que se deve fazer é criar um arquivo .htaccess no seu servidor contendo uma rewrite rule para direcionar as requisições à sua URL para a pasta da loja nova.

Conclusão

Espero que eu tenho sido o mais claro e conciso possível, afim de demonstrar que se pode proceder á uma atualização segura. Considerando que, em momento algum a loja em produção foi afetada, esta poderá continuar funcional até que a loja atualizada esteja pronta para ser lançada.

Espero não ter esquecido nada. Apesar das etapas aqui descritas serem de relativa facilidade de execução, é sempre mais seguro recorrer a um profissinal.

Também leve em consideração que o aqui exposto é apenas uma sugestão, sempre tire todas as dúvidas antes de por em execução e consulta a documentação  oficial disponível na PrestaShop.com.

2 comentários em “Atualizar ou não atualizar, eis a questão!

    Fábio disse:
    agosto 14, 2011 às 1:14 pm

    O maior problema que eu vejo em relação ao Prestashop é que todo mundo quer tudo pronto. A maioria das pessoas não conhece muita coisa de programação orientada a objeto e tenta criar a sua própria loja apenas com o conhecimento alheio.
    Não é tão simples, como você disse, atualizar da versão 1.3 para a versão 1.4. Muitos módulos existentes da versão 1.3 não funcionam.

    Eu trabalho com a versão 1.3 há algum tempo e não penso em migrar meus clientes para a versão 1.4 tão cedo. Tenho cerca de 20 lojas online e funcionais. Para migrar para a versão 1.4 eu teria que treinar meus funcionários e treinar meus clientes, o que inviabilizaria meu projeto pelo baixo valor que eu cobro de mensalidade.

      ehinarr respondido:
      agosto 14, 2011 às 2:06 pm

      Bom, pelo menos a partir das PS v1.4.4.0 o problema da atualização parece ter sido resolvido, através do novo recurso de Auto Upgrade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s